Alojamento Stay with Us

Eventos & Casamentos Events & Weddings

Monte da Represa

Casa de N. Srª da Conceição

Contactos

Inicio > Monte > História

A "Fraginum" ou "Fraxinum" é hoje a Vila de Gavião, tempo no qual foi construída a represa romana localizada numa das extremas da Herdade e que servia de barragem às águas do Vale da Represa. Esta barragem foi classificada como sítio de Interesse Arqueológico com o CNS 15542 pela DGPC (Direcção-Geral do Património Cultural).

Já na Idade Média em que as terras do Gavião estavam incluídas no Priorado da Ordem de Malta, se citava a Ribeira do Vale de Gavião, no qual estava incluído o já citado Vale da Represa a que correspondia a Ribeira da Represa.

Esta Ordem foi chamada de Priorado de Portugal desde D. Sancho I, passando a designar-se por Priorado do Crato desde 1341 até ao séc: XVIII, tendo o mesmo sido incorporado na Casa do Infantado até 1834 quando houve a extinção das Ordens Militares.

(foto 9169

A construção do Cazal da Represa perde-se nas brumas do tempo na Idade Média, mas sabe-se que já em 1530 surge a sua nomeação nos bens da Ordem do Priorado. É pois um exemplar arquitectónico único na região a preservar.

Portanto desde a Idade Média que a Represa se identifica com o Vale de Gavião em cuja margem direita foi fundada a vila de Gavião. No Tombo dos Bens do Priorado (1705) referem-se as terras e medições, terras foreiras da Ordem, capítulos de propriedades e herdades que a mesma Ordem possuía nesta vila, nomeando-se herdades em vários locais entre elas a da Represa na banda da vila de Gavião, desde a Idade Média.

A Represa apresenta-se como uma porta aberta para o Alentejo, mais especificamente como entrada a Gavião e Belver.

(foto 9206